Demi Lovato mostrou irritação na madrugada desta sexta-feira (29). A cantora compartilhou em seu Instagram Stories uma matéria do site Inquisitr que dizia no título que ela estava “cheinha” depois da fazer exercícios físicos em Los Angeles.

“Eu sou mais do que meu peso”, escreveu Demi. “Ao contrário do passado, eu não estou chateada com alguém que escreveu uma manchete sobre a minha ‘figura mais completa’. Estou com raiva porque as pessoas acham que não há problema em escrever manchetes sobre o corpo das pessoas. Especialmente uma mulher que tem sido tão aberta sobre a recuperação de um transtorno alimentar. Eu não estou chateada por mim mesma, mas por qualquer um que possa ser facilmente influenciado pela cultura da dieta”, explicou.

A cantora de 26 anos pediu para seus seguidores não deixarem se influenciar por este tipo de artigo. “Muitas pessoas hoje baseiam seu peso corporal ideal em relação ao que os outros nos dizem que devemos parecer em relação ao peso. Matérias como essa só contribuem para esse tipo de pensamento tóxico. Se você está lendo isto: Não ouça a conversa sobre cultura negativa da dieta. Você é mais que um número em uma escala. E eu sou mais do que uma manchete sobre a forma do meu corpo.”

Após as reclamações, o jornalista responsável por escrever a matéria enviou uma mensagem para a cantora, pediu desculpas e apagou a matéria. Demi Lovato agradeceu o repórter e fez uma sugestão para ele.

“Eu agradeço por seu pedido de desculpas. Talvez você possa escrever outra matéria falando sobre toda esta experiência. Tirar o artigo original do ar não muda o estrago que ele fez. Infelizmente, eu tive que usar isso como um exemplo do mal que este tipo de manchete faz para os leitores”, compartilhou Demi, antes de pedir para que seus fãs não atacassem o repórter em suas redes sociais.

Demi Lovato fala publicamente seus problemas pessoais para fazer alerta aos seus fãs. Além de transtornos alimentares, a cantora também sofre com bipolaridade e dependência química.

Sem mais artigos