O início da derrocada de Carminha (Adriana Esteves) e a tentativa frustrada de matar Max (Marcello Novaes) colocaram o capítulo desta quinta-feira (04) entre as maiores audiências de Avenida Brasil. A novela atingiu impressionantes picos de 50 pontos, praticamente monopolizando o público que estava à frente da TV. Ontem, a história escrita por João Emanuel Carneiro fechou com 71% de share, deixando muito pouco para Record, SBT, Band, Rede TV e TV Cultura.

Nesta quinta-feira, Avenida Brasil mostrou uma interessante junção de talentos. Atores em boas interpretações, fotografia certeira, imagens do passado para contar a história de Carminha e Max e uma excelente sonorização. A trilha e os efeitos foram usados na dose certa para intensificar a ação proposta no texto e realizada pelos atores. Novela também se faz através dos detalhes, dos elementos que completam a imagem.

Por falar em detalhes, excelente a cena onde Carminha dopa Max para afundar a lancha e acabar com seu passado. Acreditando que tudo vai mudar, Max fala do sonho de ter a própria história. “A gente vai morar no paraíso. E a gente não vai ter que fugir de ninguém porque a gente vai ser um casal”, diz. Dois cachorros da raça Golden Retriever, duas crianças loirinhas para uma vida feliz como sempre sonharam”. A família perfeita retratada pelo cinema americano e uma cena que pode explicar muitas coisas sobre a própria história de Carminha e Max.

Desespero de Carminha leva "Avenida Brasil" a monopolizar audiência

Sem mais artigos