Justin Timberlake recebeu o prêmio de Melhor da Década durante o Teen Choice Awards, na noite do último domingo (31). Depois de uma introdução de Kobe Bryant, lenda da NBA, o cantor  aceitou o prêmio e ainda deu um discurso bem inspirador para todos os jovens e adultos que estavam assistindo.

Justin falou sobre respeito, preconceito, união, Muhammad Ali e foi muito aplaudido pelo público. “Obrigada Teen Choice! Como um ex-adolescente, que fez algumas escolhas ao longo do caminho. Eu estou aqui para dizer a vocês que você e suas escolhas importam. No meu caso, eu cresci no Tenessee e fui abençoado por crescer em uma família que me ensinou algumas grandes lições. Me ensinaram que eu preciso respeitá-los, respeitar a mim mesmo e respeitar os outros na base de seu caráter, não onde eles vivem, o que fazem da vida ou a cor da sua pele. Meus pais fizeram o melhor que puderam para preencher minha mente jovem sem preconceito ou ódio, mas com amor e compaixão”, disse.

“Acho que é parte da razão do porque nesse dia eu tento viver a minha vida fazendo música e vivendo com um grupo incrível de pessoas. Homens, Mulheres, Heterossexuais, Homossexuais. Pessoas que ajudam umas as outras. Eu estou com essa pessoas, não porque eles se parecem comigo, mas porque eles pensam e sentem como eu. A verdade é que todos nós somos diferentes e isso não significa que não queremos as mesmas coisas”, completou.

Justin ainda contou o quanto os ideais do boxeador Muhammad Ali o ajudaram na vida. “Ele lutou nos ringues, mas ele lutou pela paz, acima de tudo. Todos sabemos que ele podia ‘voar como uma borboleta e ferroar como uma abelha’. “Nosso mundo perdeu Ali esse ano. Então, quero compartilhar três pontos que aprendi com essa lenda e me ajudaram muito ao longo da vida. Um: Não conte os dias faça com que os dias contem. Dois: Servir aos outros é o custo que você paga para a sua estadia na Terra. Então, seja justo, generoso e gentil. Devemos ser parte da solução e não do problema. Vocês não tem que fazer a diferença no mundo, pode fazer no seu bairro. Três: o impossível é apenas uma grande palavra usada por gente fraca, que prefere viver no mundo como ele está, em vez de usar o poder que tem para mudá-lo. Impossível não é um fato, é uma opinião. Impossível é potencial, é temporário. Nada é impossível”, completou.

“Então, como um pai recente e um antigo adolescente, estou aqui para dizer que vocês vão cometer muito erros ao longo do caminho. Vão cair. Aconteceu comigo muitas vezes. Até com Ali aconteceu. Mas depois disso é que você vai fazer sua história, porque nada é impossível. Então, não desperdice seus 20 anos. Eles terão ido embora antes de você perceber. Seja legal com seus pais (espero que meu filho veja isso um dia). Seus pais não são perfeitos, mas eles já viram esse filme antes e amam você mais do que você pode imaginar. Então, saia por aí, faça o impossível e sejam a melhor geração que nós já vimos”, finalizou.

Sem mais artigos