Aqui no Brasil esse lance de Halloween não é muito forte, e você ainda pode ser acusado de colonizado e outras coisas mais se disser essa palavra em certos círculos sociais. “Paranauês” à parte (hoje é Dia do Saci gente, vamos pular), lá fora o povo leva a sério a data e capricha na “montação”. Katy Perry é uma delas e deixou toda sua sensualidade de lado para se fantasiar de “merda radioativa”, digo, salgadinho Cheetos. Sim, aquele que suja a mão depois que a gente come.

A escolha não foi aleatória, até porque seria bem difícil alguém sair de casa assim depois de “ah, peguei a primeira coisa que vi no armário”, né? Katy e Cheetos, mais precisamente o de sabor Flamin’ Hot, têm uma história mais profunda. Em entrevista à revista Marie Clarie, em dezembro de 2013, a cantora contou que quando terminou com Russell Brand, em 2011, por duas semanas, sua vida se limitou a comer o salgadinho laranja-radiação e beber muito. Além disso, no videoclipe da música Dark Horses, o que a fofa faz? Sim, come Cheetos Flamin’ Hot.

Parece que Katy Perry está em um relacionamento sério com o petisco ou/e está enchendo sua poupança com publicidade. Enfim, para sair pelas ruas e ser vista socialmente como o Kenny, de South Park, depois de ser pisoteado por uma passeata de Godzillas, você precisa de um bom motivo sério, não? Amor e/ou $$$ :p  

Sem mais artigos