Parece que a classe artística lentamente está acordando e se indignando contra as declarações racistas e homofóbicas do deputado federal (PP) Jair Bolsonaro. Virgula Música conversou com diversos músicos que condenaram a atitude do congressista que atacou Preta Gil, sua família, os negros e os homossexuais.

A cantora continua sendo atacada pelo deputado que anda declarando em entrevistas que ela “promove surubas e é promíscua”. Preta Gil está processando o político.

Agora, o elenco da novela das 21h, Insensato Coração, posou para a coluna Retratos da Vida do jornal Extra desta segunda-feira (11) com os símbolos do movimento pelos direitos dos gays.

A atriz Paola Oliveira declarou: “É o homem que tem que ser rico, abrir a porta do carro e pagar a conta do restaurante. Por que? O certo é a mulher ir em busca da sua riqueza. Tudo que acontece de ruim, seja a violência ou a falta de respeito em relação à sexualidade, vem da falta de educação”.

SE NÃO APOIA AS DECLARAÇÕES DO DEPUTADO, ESTE É O LINK PARA UMA PETIÇÃO DE REPÚDIO, CLIQUE AQUI.

Elenco de "Insensato Coração" entra na luta contra a homofobia

Sem mais artigos