No paredão que colocou dois amigos do grupo da Praia para disputarem a permanência, João Carvalho foi eliminado, nesta terça-feira (14), do Big Brother Brasil 12. O goiano enfrentou Jonas e levou a pior, ganhando 52% dos votos do público.

Do lado de fora, feliz por encontrar seus dois filhos, ele falou sobre momentos do jogo, comentou também sobre os participantes, além de revelar para quem fica sua torcida para levar o prêmio, em entrevista para o Virgula Famosos, nesta quarta-feira (15).

Veja o que o eliminado desta semana disse!

Virgula Famosos – O que você achou de sua participação no programa?

João Maurício – Gostei bastante, principalmente com o feed back que estou tendo aqui fora. As pessoas estão sendo bem receptivas, agradáveis, então acho que a impressão que devo ter causado no jogo foi positiva.

Se pudesse, mudaria sua estratégia de jogo?

Não mudaria meu estilo de jogo. A única coisa que faria é ser um pouco mais incisivo com as meninas da praia (Fabiana e Kelly), que deram um vacilo no jogo, por não ter votado junto com o grupo. Como eu estava acorrentado, não pude conversar com ela antes da votação, mas Jonas e Fael falaram em quem votariam e deram o livre arbítrio para escolherem em quem votar. Ela, por sua vez, não tendo uma visão de jogo ou não querendo entrar no esquema, acabaram tendo uma atitude que elas mesmas se arrependeram. Mas tirando isso, faria tudo igual.

Acha que pode ter passado uma imagem de homofóbico, pelo seu desentendimento com João Carvalho?

Acho que não. O João Carvalho não gostava de mim por alguns motivos que eu realmente não sei quais são e acabava deturpando algumas situação, para poder ter uma justificativa de voto. Como você vai votar em alguém que não tenha defeitos? Se não tem, você tem que, no mínimo, criar alguns. Ele deturpou algo que eu falei e quis criar um estereótipo de homofóbico, coisa que eu não sou. Acho que não deixei essa impressão para o público, muitas pessoas vieram me falar que não passei essa imagem. Acho que foi muito mais um artifício de justificativa de João Carvalho.

Qual a imagem que tem da Laisa?

Ela é uma jogadora nata, menina esperta. Mas é uma pessoa que não tem visão de jogo, uma hora está de um lado, outra hora está de outro. Para continuar no jogo, ela topa qualquer coisa. É uma pessoa inteligente, mas tem uma forma de jogar bem diferente da minha.

Ficou chateado com Kelly e Fabiana?

Fiquei muito mais chateado com elas no momento em que fui para o paredão, do que no momento em que fui eliminado. Eu saí e recebi tanto carinho das pessoas que nem consigo ficar chateado com elas. Lá dentro, fiquei chateado por elas não terem essa visão de jogo, por quererem se preservar, isso acabou expondo eu e o Jonas no jogo.

Jogar, todos jogam. Mas acha que tem alguém que esteja sendo mais falso?

Quando uma pessoa fala uma coisa e faz outra, significa que ela não está sendo verdadeira. O oposto de verdadeiro é falso. Várias pessoas tiveram essa atitude, por exemplo o João Carvalho. Uma pessoa que fala que não vai votar em mim e depois vota, acho que não está sendo verdadeira.

Para quem fica sua torcida?

Torcida fica primeiro para o Fael e segundo para o Jonas. Obviamente, se o Jonas ganhar, ficarei feliz também.

Agora fora do jogo, pretende seguir na carreira artística?

Ainda não tive tempo para pensar nisso, a minha intensão de participar do programa não era para virar ator, modelo, cantor. Entrei no programa para ganhar o prêmio, para disputar um jogo que eu gostava de ver e achava que tinha, realmente, chances pelo que eu sou. Se pela pessoa que eu sou, com os possíveis dons que eu possa ter, alguém visualizar isso e abrir alguma porta que possa ser interessante para mim, não tenho dúvida que aceitaria. Mas se isso não acontecer, não vou forçar uma situação pelo fato de ter participado de um programa de grande audiência como o Big Brother.

Sem mais artigos