Em entrevista à revista People, que chega às bancas nesta sexta-feira (10), o presidente norte-americano Barack Obama afirmou que o fato de ter crescido sem o pai, o fez querer ser o melhor pai do mundo para as duas filhas, Sasha e Malia, frutos do seu casamento com a primeira-dama Michelle.

“Eu cresci sem ele por perto. Tenho algumas lembranças, como quando ele me levou para o meu primeiro concerto de jazz, e quando me deu a minha primeira bola de basquete como um presente de Natal. Mas ele me deixou quando eu tinha dois anos de idade”, afirmou.

“Eu e minha irmã tivemos a sorte de sermos criados por uma mãe maravilhosa e avós cuidadosos, mas sempre senti a ausência do meu pai, e me pergunto como que teria sido se ele tivesse tido uma presença maior na minha vida. É talvez por essa razão que a paternidade é tão importante para mim, e por isso que eu faço de tudo para estar perto das minhas filhas”, declarou ele emocionado à publicação.

“Isso não quer dizer que eu sempre fui um pai perfeito. Não fui. Quando Malia e Sasha eram mais jovens, o trabalho me manteve longe de casa mais do que deveria. Às vezes, o ônus de criar nossas duas filhas ficou com a Michelle. Durante a campanha, não teve um dia que eu não gostaria de ter ficado mais tempo com a família que eu amo mais do que qualquer outra coisa no mundo”, disse ele à revista.



Sem mais artigos