2020 presenteou o público com diversas mamães e Emily Ratajkowski é uma delas. A modelo de 29 anos anunciou a novidade nesta segunda-feira (26) ao estampar a capa digital da Vogue estadunidense.

As fotos vieram acompanhadas de um artigo escrito por Emily, em que ela afirma que não quer revelar o gênero do bebê, pois “não saberemos o gênero até nossa criança ter 18, e então ela nos informará”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Grateful & growing 👼 Thank you @voguemagazine for this very special cover.

Uma publicação compartilhada por Emily Ratajkowski (@emrata) em

Para o casal, as “possibilidades são mais complexas do que qualquer genitália que o bebê tenha”. “A verdade é que, no final das contas, nós não temos ideia quem – e não o quê – está crescendo em minha barriga. Quem essa pessoa será? De que tipo de pessoa nós seremos pais? Como [esta criança] mudará nossas vidas e quem nós somos? Este é um conceito maravilhoso e assustador que nos deixa perdidos e humildes”, escreveu Emily.

Em um texto poético, a modelo reflete que apesar deste conceito, ainda se pega lembrando que sempre quis ter uma menina, ou se perguntando se o marido, Sebastian Bear-McClard, gostaria secretamente de ter um menino. De todas as maneiras, há preocupações com o que a criança terá que enfrentar em um mundo que tem expectativas específicas para meninas e meninos.

Junto com o artigo, a revista publicou um vídeo dirigido por Lena Dunham e roteirizado e filmado pela própria Emily. As filmagens mostram seus momentos íntimos durante a gravidez e como ela tem se sentindo com a novidade.

“Estou no banho, reorganizando em minha mente todos os nomes que pensei para você. Olho para minha barriga, digo um deles em voz alta para ver se combina. A água bate contra minhas costas e, naquele momento, não me sinto como eu, ou o espaço ao redor. Só você […] Mal posso esperar para ver quem você será”, compartilha no curta.

Sem mais artigos