O empresário do cantor Justin Bieber, Scooter Braun, diz: “Ele ainda não está pronto para tomar grandes decisões e depois se arrepender de possíveis erros”. O astro teen “ainda não terminou” sua carreira, disse.

Scooter Braun, que cuida dos negócios do ídolo teen, confirmou durante a pré-estréia do documentártio Believe em Los Angeles, na Califórnia, que o cantor não vai se aposentar por enquanto.

Ele disse à MTV: “É um trabalho em andamento e ele ainda não terminou. Ele ainda não está pronto para tomar grandes decisões e depois se arrepender de possíveis erros, apesar de ser um ser humano.  Eu acho que o nosso trabalho é continuar a cuidar e estar lá para deixá-lo mais perto de todos os fãs”.

Braun ainda acrescentou:  “Ele é mais vulnerável neste filme do que em qualquer outra entrevista que já fez. Eu acho que o lado humano dele vai ser chocante”. 

Essa declações do empresário do cantor apareceram depois que Bieber afirmou que após o lançamento do seu novo álbum, Journals – que será lançado oficialmente na segunda-feira (23) -, ele iria se aposentar.

O cantor do hit Heartbreaker disse  à estação de rádio Power 106, em Los Angeles, na terça-feira (17): “Depois do novo álbum, vou na verdade me aposentar, cara. Estou me aposentando.”

Em seguida, no entanto, ele sugeriu que não estaria totalmente decidido sobre isso, acrescentando: “Quero crescer como artista e estou dando um passo fora, quero que minha música seja madura”.

Mas o cantor não está mais atraído pela ideia da fama. Ele disse: “Estou aqui apenas para os meus fãs e pela música”.

Apesar da declaração, um informante próximo a Justin tranquilizou os fãs, dizendo que o astro estava apenas brincando e que ele não tem planos para largar o microfone permanentemente. O informante disse: “O menino tem ambição”.

Justin também se defendeu das críticas e negou que estivesse se ficando “arrogante”. Ele disse: “As pessoas acham que sou arrogante, mas não sou, sempre fui uma pessoa carinhosa e dedicada”. Ele acrescentou: “Tenho 19 anos de idade e vou cometer erros, é inevitável”.

Sem mais artigos