"Ficar sem ver meu pai foi muito difícil para mim. Não ficar o suficiente com a minha família também. Não conseguia tempo para apenas sentar, viver e respirar. Fui indo, indo, indo e isso acabou comigo. Foi muita pressão. Acabou me derrubando. Não tinha um pai para ligar e isso foi muito doloroso. Tinha isso em mim de ir até onde desse. Sou jovem. Gosto da vida, de música, de gente. Sou uma pessoa muito social. Mas também gosto de estar em casa, quieta. Sempre fui caseira, sério. Estava só fugindo daquilo que o meu lar se tornou".

Esse é o discurso apelativo de Lindsay Lohan à revista Harper's Bazaar, culpando a ausência do pai e o caos que vivia em casa para justificar a crise que teve em sua vida no ano passado.

A atriz passou o verão americano de 2007 internada numa clínica de reabilitação, além de ter ficado detida na prisão por dirigir embragada. Esse seu estilo festeiro também rendeu problemas com os diretores de estúdio, já que vivia atrasada para as filmagens.

A garota tenta se passar por boazinha, jogando a culpa na própria família. Mas todos sabem que ela é descontrolada. Por que não chamá-la de Britney Lohan? Ou Linsay Spears? Tem tudo a ver!

Leia também:

Lindsay abre jogo sobre drogas!

Amy Winehouse sai da reabilitação

Agora é a sua vez! Clique aqui e conte uma fofoca…

Essa ninguém engole: Lindsay Lohan culpa família pela crise

Sem mais artigos