Solteira e muito bem resolvida, Luana Kisner, ex-namorada do jogador de futebol Adriano, fez algumas revelações sobre o relacionamento que teve com o craque por seis meses em entrevista ao site Ego, nesta segunda-feira (21).

“Tenho contato com ele, a gente se fala e até fui visitá-lo depois que ele operou o joelho. Gosto muito dele, ele é uma pessoa incrível. Acho que nosso namoro não tem mais volta porque somos pessoas bem diferentes. Prefiro não citar quais são essas diferenças, mas posso dizer que eu tenho hábitos mais saudáveis, gosto de correr, ir ao parque, já ele gostava mais de festas, de ficar em casa com os amigos fazendo churrasco. Aí quando eu queria sair, ele estava cansado e preferia ficar em casa”, explicou.

Segundo a modelo, ele tinha ciúmes dela e chegou a pedir para ela deixar a carreira artística de lado.

“Já participei de alguns programas como Melhor do Brasil e agora estou concorrendo à vaga de assistente de palco do programa Agora é Tarde, da Band. Mas antes eu tinha desistido da TV porque ele me pediu para largar. Acho que por isso também não deu certo nosso namoro. Ele era muito ciumento e eu gosto de ter minha independência, minha liberdade. Não gosto de me submeter às regras dos outros. Eu não podia ter muitos amigos. Apesar disso, nunca brigamos feio, nossa relação não teve nenhum barraco, até porque, não sou acostumada com isso e não me permitiria”, declarou.

Questionada se chegou a ganhar muitos presentes do atleta na época do namoro, a empresária comentou de uma joia e uma bolsa.

“Era meu aniversário e ele me deu um cordão de ouro com um crucifixo bem parecido com o que ele tem e uma bolsa de couro de arraia da Louis Vuitton. Ele não esbanjava muito com o dinheiro não, mas sempre foi muito cavalheiro e pagava as contas quando a gente saía”, contou.

Se Adriano comparecia na Hora H? Ela não economizou nos elogios. “Ele manda bem, sim. Eu nunca o achei gordo como as pessoas falavam, só estava um pouco inchado, fora de forma”, finalizou.

Sem mais artigos