Kris Jenner está sendo processada por assédio sexual por Marc McWilliams, que trabalhou como segurança para a família entre 2017 e 2018, segundo informações da revista People. Também constam no processo as acusações de discriminação racial e de gênero.

Williams também diz que seu contrato de trabalho foi encerrado sem motivos. Em entrevista à revista People, o advogado de Kris Jenner justificou a demissão ao dizer que o segurança foi pego dormindo repetidamente em seu carro no trabalho.

McWilliams também cita Kourtney Kardashian, filha mais velha de Jenner, como ré. O advogado disse que Jenner e Kardashian negam as acusações e classificou as alegações como “absurdas e fabricadas”.

Sem mais artigos