O ator Michael Fassbender disse em uma entrevista à revista GQ considerar que seu trabalho no filme Shame não foi recompensado com uma indicação ao Oscar por mostrar o pênis, segundo trechos divulgados nesta terça-feira (15) pela imprensa americana.

“A cena fazendo xixi me custou um Oscar”, disse o intérprete alemão se referindo ao momento em que seu personagem vai ao banheiro e a câmara mostra seu pênis.

A sequência foi motivo de brincadeira por parte de George Clooney no Globo de Ouro e até mesmo da atriz Charlize Theron, companheira de Fassbender no filme Prometheus, que brincou a respeito recentemente.

“A princípio as pessoas me diziam que eu ia concorrer ao Oscar e eu não me importava”, contou o ator. “Mas após um tempo, depois de tanto repetirem, no final você acaba acreditando. Pensei que estaria ali, e ao descobrir que não, fiquei mal. Muito mal”, admitiu Fassbender.

O protagonista de X-Men: Primeira Classe foi candidato ao Globo de Ouro por esse papel na categoria de melhor ator de drama, junto a Leonardo DiCaprio (J. Edgar), Ryan Gosling (Tudo pelo Poder), Brad Pitt (O Homem que Mudou o Jogo) e Clooney (Os Descendentes), finalmente ganhador do prêmio.

Na entrevista, o ator reconhece que possui uma relação com Nicole Beharie, com a qual dividiu cenas em Shame. “Estamos saindo. É difícil porque ela vive em Nova York e eu na Inglaterra”, disse o intérprete, que contou que o amor surgiu assim que terminaram as filmagens.

Fassbender estreia em Prometheus, o retorno de Ridley Scott à ficção científica, em 8 de junho.

Sem mais artigos