A mansão que abrigou festas, romances, brigas e séries de televisão sobre as coelhinhas da Playboy pode estar com os dias contados. O lar de Hugh Hefner, fundador e editor-chefe da revista Playboy, foi colocado à venda pela quantia humilde de US$ 200 milhões de dólares – algo próximo dos R$ 800 milhões de reais, aqui no Brasil.

Esse é o valor esperado pela Playboy Enterprises com a venda do imóvel, que tem mais de 24 mil metros quadrados e 90 anos de existência, em ótimo estado de conservação, no bairro luxuoso de Holmby Hills, em Los Angeles, Califórnia. O site TMZ, porém, apurou algo um pouco diferente. De acordo com a publicação, o mercado acredita que a mansão está “caindo aos pedaços” e vale no máximo US$ 90 milhões, apenas pelas histórias famosas que já rolaram por lá.

Ah, além dos dólares, existe uma outra condição para quem resolver comprar a pequena Mansão Playboy: o senhorzinho Hugh Hefner vai de brinde, sem discussão. O acordo é que o fundador fique na mansão até morrer, em seu quarto “oficial”. Os compradores, aliás, não terão permissão para visitar o quarto de Hefner. Tudo bem, porque ainda existem outros 22 quartos disponíveis nessa casinha, além de uma piscina com cachoeira, zoológico, academia e por aí vai.

E aí, você gostaria de morar com essa lenda da Playboy? Se liga em outras “casinhas” humildes das celebridades, aqui nessa galeria:

 

Sem mais artigos