Aos 76 anos, Francisco Cuoco diz não sentir saudade da época em que era um dos maiores galãs da televisão brasileira nos anos 70 e 80, em entrevista para o jornal carioca, O Dia.

Interpretando o personagem Olavo, na trama global Passione, o ator diz não ser saudosista da época em que, ao lado de Tarcísio Meira, fazia as mulheres suspirarem em frente à telinha, “Foi uma transição tranquila, que nem se percebe se considerarmos a velocidade do tempo. Sou feliz, sou aplicado, perseverante e busco sempre crescer e aprender”.

Em relação às atrizes Fernanda Montenegro e Irene Ravache, que contracena na novela, o experiente Cuoco esbanja elogios, “É um luxo! Trabalhei muitos anos com Fernanda no teatro e na TV. Ela é extraordinária. Com Irene, fiz poucos episódios de TV. É um privilégio estar ao lado da Ravache nesta novela. Gostaria que não terminasse nunca. É bom demais, gente!”.

Francisco revelou também que adora vê-lo em Passione juntamente com seus colegas de elenco, mas de preferência sozinho. A idade e a experiência só fazem bem para esse grande ator.

Sem mais artigos