Segundo informações publicadas no jornal carioca Extra, o porteiro desaparecido Marcos Costa, da G.G.Produções, comandada por Flora Gil, pode estar morto.

Seu corpo teria sido encontrado ao lado de outro homem identificado como MC.

A suspeita deve-se ao fato de Marcos ter integrado a quadrilha do traficante Luciano Barbosa ou Lulu da Rocinha, morto em 2004, além de ter contato com traficante Evanilson Marques da Silva.

De acordo com o jornal, Marcos Costa só foi contratado porquê rompeu ligações com o tráfico de drogas.

Sem mais artigos