Em entrevista ao jornal O Dia deste domingo (10), o ator Herson Capri falou sobre corrupção e impunidade. O artista interpreta o banqueiro Cortez na novela Insensato Coração, na Globo. “Acho bacana que o assunto seja falado e divulgado para conscientizar as pessoas e mostrar que isso deve ser combatido. Existe um grau de impunidade nesse tipo de crime que a gente espera que acabe um dia”, declarou.

Segundo Capri, na vida real, homens como o de seu personagem merecem ser punidos. Já na novela, ele espera pela decisão dos autores Gilberto Braga e Ricardo Linhares. “Se ele se der bem, vai causar muita indignação”, opinou.

Ao falar da relação de Cortez com o personagem da atriz Deborah Secco, Herson disse que alguns homens torcem para que eles se envolvam. “No começo, sentia uma certa conivência dos homens com o comportamento do meu personagem. Alguns diziam: ‘Pega ela, sim’. É uma coisa meio maluca, porque há um machismo muito grande”.

"Há um machismo muito grande", diz Herson Capri sobre a relação de seu personagem com o da atriz Deborah Secco em "Insensato Coração"

Sem mais artigos