Blair Berk, advogado de Selena Gomez, foi ao tribunal, nesta sexta-feira (04), e conseguiu estender por três anos a ordem de restrição temporária contra Thomas Brodnicki que fez repetidas ameaças, prometendo matar a cantora, como informa nesta sexta-feira (04), o site TMZ.

Ele deve manter distância da namorada de Justin Bieber e, de acordo com os detetives da polícia de Los Angeles, as ameaças são extremamente preocupantes.

No entanto, o juiz admite que Brodnicki tem o direito ao devido processo legal – em outras palavras, de estar no tribunal. O “stalker” está sob custódia por diversas acusações criminais de perseguição. Então, o juiz estendeu a liminar até Brodnicki sair da cadeia.

Homem que ameaçava de morte Selena Gomez deve ficar distante dela por três anos

Sem mais artigos