Humberto Martins se colocou no lugar de seu personagem Virgílio, da novela Em Família da TV Globo, em entrevista para o jornal Extra, publicada nesta segunda-feira (17). Ele comentou o fato de parecer que Helena (Julia Lemmertz) não ama o marido na trama.

“Se eu fosse Virgílio, estaria, sim, com ela. Foi a única pessoa que ele amou desde criança. Faria tudo para levar a relação. Eles estão juntos há 20 anos e isso não foi mostrado. Talvez fossem felizes até a volta de Laerte (Gabriel Braga Nunes). Posso dizer que eu sou capaz de ceder muito para ter uma relação legal”, revelou o ator.

Sobre a cicatriz que o personagem exibe no rosto, ele contou quanto tempo demora para ser produzida: “Começou levando quase 1h, agora já estamos em 20 minutos. Se eu estou queimado de sol, ela vem acompanhando a cor, ela é a pele. É uma forma de silicone, começa na ponta do meu olho e termina na ponta do meu bigode. Ali ela é e fixada, não muda de lugar”.

Aos 52 anos, o ator, que é considerado um dos galãs da emissora, comentou sua relação com a idade: “Tenho medo da doença, medo de que a idade seja interrompida. Não da idade em si, ela é inevitável. É preciso aprender a lidar com isso, é uma questão natural da vida, da passagem, da renovação”.

Sem mais artigos