A cantora Cheryl Cole, que fará parte da reunião de sua banda Girls Aloud, esteve em turnê solo e documentou tudo em vídeo para um programa que irá ao ar nesta semana na televisão. Porém, a moça acabou irritando seus fãs mais patriotas, pois preferiu ter apenas dançarinas americanas em seu staff. A notícia é do site Mail Online desta quarta-feira (21).

Além do fato desta escolha, a cantora de 29 anos se orgulha de ter as ianques ao seu lado, por causa “do algo mais que elas dão”.

“A diferença cultural traz algo novo”, disse Cheryl.

Uma fã chocada com o fato escreveu ironicamente no Twitter: “Bom ver a Cheryl Cole apoiando os ingleses… só tem dançarinas americanas em sua turnê”.

Outra pessoa postou: “Para ser honesto, penso que ela deveria ter apoiado as dançarinas britânicas em sua primeira turnê ao invés das americanas”.

Sem mais artigos