A cantora Janet Jackson fez diversas revelações sobre sua relação com o pai, Joe Jackson, na infância em entrevista ao apresentador Piers Morgan, do canal CNN. Irmã do pop star Michael Jackson, a artista acredita que o pai só queria o bem para os filhos, mesmo sendo uma pessoa agressiva: “Ele só queria o melhor para nós, mas isso não significa que era o certo”.

Ela ainda revelou que chegou a levar um soco de Joe na infância ao sair da banheira. “Não sei se merecia”, declarou. Ainda segundo Janet, seu pai nunca mais a agrediu depois desse episódio, apesar de sempre ter exigido ser chamado pelo primeiro nome. “Uma vez o chamei de pai e fui repreendida. Ele me obrigava a chamá-lo de Joseph”.

Ao ser questionada pelo apresentador se guardava alguma mágoa em relação ao pai, Jackson disse que não, mas que a relação entre eles é instável e que eles não têm nenhuma proximidade. “Não nos falamos muito”, destacou.

Ao falar do irmão, morto em junho de 2009, Janet não poupou elogios. “Ele era uma pessoa doce, gentil, incrivelmente inteligente e que amava muito o próximo. Ele sabia quem ele era”, finalizou.

Sem mais artigos