A paulista Janaína foi mais uma eliminada do Big Brother Brasil. A dançarina disputou a permanência na casa com Diogo e Paula e no dia 1º de março não se deu bem.

Se fosse um paredão comum, a morena não seria eliminada, já que, entre os três, o baiano foi quem recebeu mais votos, sendo eliminado com 44%. Mas a moça não teve sorte e aquele não foi um paredão convencional.

A regra era que os dois mais votados seriam eliminados e Janaína acabou levando o segundo lugar, com 33% dos votos.

Em entrevista ao Virgula, a morena falou sobre o tempo que ficou na casa, o que acha do jogo e como está sendo a vida de volta a realidade.

 

Virgula: Como foi sua experiência de participar do Big Brother Brasil?

Janaína: Foi tudo maravilhoso, uma ótima experiência, vou levar para o resto da vida. Aqui fora eu levei um susto, todo mundo quer falar comigo, mal consigo ir sozinha ao supermercado, mas está sendo muito gostoso.

V: Acha que o fato de ser certinha demais acabou te prejudicando no jogo?

J: Dentro da casa sim, mas fora eu fui muito bem recebida, todos me elogiaram, as crianças, velhinhos, disseram que sou uma pessoa de caráter, íntegra. Meus pais não se decepcionaram comigo e isso, para mim, vale muito mais do que qualquer prêmio.

V: Se arrepende de algo que fez?

J: Não me arrependo de nada que fiz, faria tudo de novo. Se pudesse voltar, talvez não confiaria tanto nas pessoas. Muitas pessoas estavam jogando e eu confiei muito mais neles do que eles em mim.

V: Se pudesse voltar ao programa, quem você eliminaria?

J: A Paulinha, não sei o que ela ainda está fazendo lá dentro.

V: Acha que alguém está sendo falso na casa?

J: Não posso dizer que é falso, mas acho que a Talula, o Mau-Mau e a Jaqueline estavam jogando e eu não concordo com o tipo de jogo deles.

V: Quais são seus planos a partir de agora?

J: Quero investir na minha carreira artística, sempre fui desse meio, mas quero deixar a dança um pouco de lado e investir em artes cênicas, estudar e quem sabe conseguir continuar na Globo.

V: Para quem fica a sua torcida?

J: Para o Daniel, torço muito por ele e todo meu fã clube também.

Sem mais artigos