O jato que caiu em Santos causando a morte do presidenciável Eduardo Campos, de 49 anos, na manhã desta quarta-feira (13), era o mesmo que prestava serviço para o cantor Latino. A informação foi dada pelo próprio músico em uma publicação do Instagram em que ele lamenta a tragédia ocorrida.

“Não tenho palavras pra descrever a minha indignação e agonia por esse destino tão trágico. Principalmente quando se trata de político com tantas boas intenções para o nosso Brasil e um jato, que coincidentemente trabalhava também com a gente em quase todos os shows em épocas de Carnaval. Que Deus o tenha e conforte muito os seus familiares”, escreveu Latino, na legenda da publicação.

O jato em questão é a aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, que caiu na manhã desta quarta em uma região residencial em Santos, no litoral de São Paulo, matando, entre outras pessoas, Eduardo Campos, presidente do PSB e candidato à Presidência da República.

Sem mais artigos