Klebber Toledo, de 26 anos, falou sobre seu trabalho na novela Lado a Lado, da TV Globo, em entrevista para o jornal O Dia, publicada neste domingo (02). Por conta de seu personagem, ele não se surpreende mais em receber cantadas de mulheres mais velhas nas ruas.

“O Umberto se sente capaz de conquistar mulheres que, de certa forma, seriam intocáveis. São belas mulheres mais velhas e casadas. Ele acredita nesse lado galanteador dele e afeta o imaginário delas. Acontece de eu ouvir coisas como: ‘Ah, se tivesse um garotão desse na minha época’ ou ‘Ah, se eu não fosse casada’”, disse o ator.

Ele também revelou que não se importaria em namorar uma mulher mais velha: “Para mim, é indiferente. O que importa é o agora. Minha namorada, por exemplo, tem 17 anos. Cada um tem sua preferência, mas o que me atrai é o ser humano, a essência da pessoa”.

Em um relacionamento sério com a atriz Marina Ruy Barbosa, de 17 anos, desde 2011, ele costuma fazer surpresas diariamente, como comprar flores e mimos para a amada: “Minha namorada merece, né?”.

O ator, que já fez bicos de garçom, vendedor e animador de festas infantis, ainda se sente incomodado com alguns comentários que fazem: “As pessoas rotulam. Dizem: ‘Ah, ele tem carinha de playboy’. Não veem que eu saí de casa com 15 anos, batalhei, corri atrás até conseguir meu espaço”.

Sem mais artigos