Na edição do jornal inglês The Mail, deste domingo (05), o jornalista Piers Morgan entrevista a atriz Lindsay Lohan e ela confessa que não acredita ser bissexual nem que é viciada em drogas como costumam atribuir a ela

Sobre a cocaína, LiLo disse: “Eu só experimentei isso (cocaína) talvez quatro ou cinco vezes na minha vida. Não gosto porque me faz lembrar meu pai ( que foi viciado na droga). Eu nunca tomei heroína, nunca me injetei nada, nunca usei LSD. Essas coisas todas me apavoram. Usei ecstasy e maconha”.

Ela afirma que a última vez que usou uma droga ilícita faz tempo: “Provavelmente há um ano… Alguns cigarros de maconha. Mas eu não sou uma drogada”.

E finaliza: “Eu nunca fui uma viciada e nunca serei. Eu só gosto de sair à noite  para me divertir nos clubes com os amigos e ouvir música. Não é tão incomum para uma menina de 26 anos”.

Além de afirmar que não é viciada, ela também não se considera alcoólatra. “Eu não bebo todos os dias. Heath Ledger (ator que faleceu em 2008) me disse para parar depois de um ano, porque ele tinha acabado de fazer isso. Então, eu fiz o que ele me disse e que não foi um problema para mim. Isso não quer dizer que agora não vou beber um copo de vinho em um jantar, mas eu prefiro não beber e me concentrar apenas no trabalho”.

Apesar de ter namorado homens e ter um romance conturbado com uma mulher, a DJ Samantha Ronson, a atriz diz que não é bissexual. “Eu gosto de homem. Não é verdade que eu seja bissexual. Eu gosto de estar em um relacionamento com um cara. Mas há algo diferente sobre isso com uma mulher. Quando eu estava com Samantha, eu não queria a deixar, porque eu não queria ficar sozinha. Foi muito tóxico. E sua família controlava tudo o que ela fazia. Eu ainda a amo como pessoa. Acho que houve um momento em que eu estava apaixonada por ela”.

Mesmo tendo assumido a paixão por uma pessoa do mesmo sexo, LiLo acredita que sua orientação sexual não é bissexual. “Eu sei que sou heterossexual. Saí com meninas antes, e eu tive um relacionamento com uma garota. Mas eu acho que eu precisava experimentar”.

Sem mais artigos