Depois que deixou o centro de reabilitação para dependentes químicos, a atriz Lindsay Lohan foi acusada de ter roubado um colar de cerca de US$ 2.500 [algo em torno de R$ 4.150] de uma joalheria em Los Angeles, nos Estado Unidos, conforme informa a Jovem Pan.

Para o site de celebridades TMZ, a polêmica jovem, que adora se envolver em confusões, rouba objetos e produtos de valor apenas quando lhe convém. As acusações contra ela não param de surgir. Já foi um casaco de pele de mink de US$ 12 mil [quase R$ 20 mil] em uma danceteria em Nova York, um colar de US$ 400 mil [quase R$ 665 mil] após ensaio para a Elle Magazine, um relógio rolex de US$ 35 mil [algo em torno de R$ 58 mil] de um amigo e muitos mais.

Desta forma, não há como dizer que Lindsay Lohan não tem antecedentes criminais. Caso seja provado o roubo, a jovem pode voltar para a cadeia.

Sem mais artigos