De volta à Corte de Los Angeles nesta quinta-feira (10), a atriz Lindsay Lohan chegou às 14h00 acompanhada da mãe, Dina Lohan e do advogado Shawn Holley no local. Quinze minutos depois, a artista já deixava o tribunal com uma nova data para ser julgada: 25 de março. Logo no início da audiência, o juiz Keith L. Schwartz pediu discrição aos presentes e reclamou do vazamento de informações sobre o caso na imprensa.

“Não digo nem a minha mulher o que está acontecendo e não entendo como as pessoas sabem o que está acontecendo. Por favor, tentem manter o que acontece aqui confidencial”, pediu o juiz.

Por conta disso, Keith marcou uma nova audiência e deu mais tempo para LiLo aceitar sua proposta de acordo, que segundo o site TMZ, prevê três meses de cadeia para ela.

Lindsay é acusada de roubar um colar no último mês de fevereiro.



Sem mais artigos