Quem tem um cachorrinho de estimação sabe o quanto eles fazem parte das nossas famílias e moram em nossos corações. A dor da perda de um pet é terrível, mas Luan Santana está tendo de conviver com esse sentimento após a morte do seu cachorrinho, o Puff. O cantor fez um longo desabafo no Instagram.

“De uns tempos pra cá seu latido foi ficando fraco porque a dor nas costas não deixava. Seus olhos foram perdendo o brilho e suas pernas vacilando. Hoje ele foi latir em outro lugar. Criou asas e voou pra longe de nós. Aquele floquinho de neve se transformou na alegria da casa e nos fez feliz por 15 anos”, diz trecho do texto que foi acompanhado por várias fotos dele ao lado do cachorro.

“Puff, se fosse pra te dar um apelido seria ‘o cachorro que parecia mais gente que a gente’. Descanse em paz, meu amigo. Você tá latindo forte agora. Pelo menos eu ainda consigo ouvir”, terminou Luan em um desabafo muito emocionado. No post, a música de fundo é Fix You, do Coldplay. Veja na íntegra abaixo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ele demorou pra latir. No início era um resmungo agudo só pra pedir colo. Depois virou um apito fino pra demonstrar felicidade ao correr na grama. Mas com o tempo o latido dele vinha acompanhado de um rosnado pra proteger a gente quando alguém se aproximava, como quem diz: “Se afasta da minha família, aqui quem manda sou eu, cara”. Mas o Puff não tinha só esse lado anjo. Tinha temperamento forte e difícil de lidar, mas acho que era só o jeito dele de amar. De uns tempos pra cá seu latido foi ficando fraco porque a dor nas costas não deixava. Seus olhos foram perdendo o brilho e suas pernas vacilando. Hoje ele foi latir em outro lugar. Criou asas e voou pra longe de nós. Aquele floquinho de neve se transformou na alegria da casa e nos fez feliz por 15 anos. Puff, se fosse pra te dar um apelido seria “o cachorro que parecia mais gente que a gente”. Descanse em paz, meu amigo. Você tá latindo forte agora. Pelo menos eu ainda consigo ouvir.

Uma publicação compartilhada por Luan Santana (@luansantana) em

Sem mais artigos