O autor Manoel Carlos comentou a possibilidade de colocar o tão esperado beijo gay na novela Em Família, que estreia em fevereiro na TV Globo, em entrevista para o jornal Extra, publicada nesta quinta-feira (23).

“O que posso garantir é uma bela história de amor. No amor, evidentemente, os beijos estão incorporados, pertencem a esta geografia. Se houver necessidade, se a coisa caminhar para este ponto, escrevo e tenho certeza que o Jayme (Monjardim) e o Leonardo (Nogueira) dirigem. Se vai para o ar é outra história. Não compete a mim”, revelou o ator.

Na trama, Clara, personagem de Giovanna Antonelli, é casada com Cadú (Reynaldo Gianecchini) irá se apaixonar por Marina, vivida por Tainá Müller.

“Desde que foi divulgado que a personagem vira gay, criou-se uma polêmica em torno disso. Se a gente for pensar, o beijo é o de menos. O meu desafio é contar uma história de amor, independente de ser duas mulheres, dois homens ou um homem e uma mulher. Quero que as pessoas olhem para Marina e sinta o arrepio que a Clara vai sentir no momento que se apaixonou. Se tiver que ter beijo, vai ser incrível, vou fazer com muito amor. É um desafio? É, então vamos com tudo”, declarou Manoel Carlos.

Sem mais artigos