Mara Maravilha emitiu um comunicado em seu perfil no Twitter após a repercussão de suas
declarações dadas no programa Morning Show, da Rede TV, nesta segunda-feira (24).
A cantora disse que foi mal interpretada. Na atração, no entanto, ela defendeu Marco Feliciano, a cura gay, criticou – sem citar o nome – o
comportamento de Daniela Mercury e ainda usou a palavra “aberração” mais de uma
vez.

“Estou sendo mal interpretada! Nunca disse que gay
é aberração! Não levanto nenhuma bandeira política oportunista”, escreveu ela
no comunicado. A cantora usou ainda a hashtag #EuToContigoMarinha que foi
retuítada por alguns de seus seguidores.

No programa Morning Show desta segunda, Mara
afirmou: “Eu particularmente gosto muito e respeito muito o Marco Feliciano
(…) Eu tenho orgulho de ser mulher, eu tenho orgulho de ser heterossexual,
mas isso não quer dizer que eu estou ofendendo quem é homossexual”.

“Eu acho que ser gay é uma opção, é uma escolha
(…) O fato de não respeitarem nossa opinião, isso é preconceito (…) Eu
conheço muitos homossexuais que querem a cura”, continuou Mara Maravilha que
ainda utilizou a palavra ‘aberração’ mais de uma vez em sua fala.

Ela ainda chegou a criticar Daniela Mercury, sem
citar o nome da baiana “Estranho é de repente uma cantora, porque ela é popular
(…) dar o beijo em outra mulher (…) Eu estou falando dessas pessoas que
dizem ‘Ah, eu vou dar um beijo na boca da minha companheira porque agora eu vou
me promover (fazendo o sinal de aspas com as mãos) com essa causa’ (…) E não
dou muito tempo para daqui a pouco posar ao lado de um homem porque quer mídia.
Para bom entendedor, meia palavra basta”, disse Mara Maravilha.

Veja abaixo o vídeo de Mara Maravilha no Morning
Show.

Mara Maravilha se defende no Twitter após declaração polêmica

Sem mais artigos