Na última semana da novela Fina Estampa, Marcelo Serrado comemora o sucesso de seu personagem Crô, que encantou o público com seus trejeitos. Em entrevista para o jornal Extra, desta terça-feira (20), o ator falou sobre seu trabalho.

“Tudo deu certo, graças a Deus. As coisas têm momento para acontecer. Hoje, estou maduro como ator. Se este papel aparecesse antes, não estaria preparado. É sentimento de dever cumprido”, contou o intérprete do personagem de maior destaque da trama.

O autor da novela, Aguinaldo Silva, também comentou a respeito da criação do mordomo de Tereza Cristina (Christiane Torloni): “Fazer de um personagem homossexual e efeminado objeto de amor do país inteiro foi para mim uma grande vitória. Crô tinha alma, e isso o fez transcender o gênero e torná-lo apenas o que o homossexual realmente é: um ser humano”.

Em julho, Serrado estará de volta às telinhas, mas, dessa vez, no papel de um machão, no remake de Gabriela.

Sem mais artigos