Em conversa no programa Marília Gabriela Entrevista, que irá ao ar no domingo (18), no canal por assinatura GNT, o ator Marcelo Serrado conta que no ano que vem dará vida à cinebiografia do maestro João Carlos Martins e ressuscitará o personagem Crodoaldo Valério, o Crô, de Fina Estampa.

Sobre o personagem criado por Aguinaldo Silva, o homossexual Crô, ele diz: “Como era minha volta (à TV Globo) e o papel era audacioso, difícil, quis botar alma no personagem para não virar uma alegoria”.

Para isto, o ator frequentou boates gays. “Eles sabiam que você estava lá?”, pergunta a apresentadora Marília Gabriela, referindo-se ao público das casas noturnas . “Não. Colocava um boné. Ia bem fechado, na minha”. Mas não adiantou. O ator relembra: “Um casal que estava na fila se cutucou e um disse para o outro: ‘Tá vendo! Não falei que o Marcelo Serrado era gay?’”.

E admite: “Esse personagem foi um certo divisor de águas. Acho que as pessoas puderam ter um olhar sobre o Marcelo, talvez, um pouco mais apurado. E eu também, né? Comecei a me arriscar mais”.

O sucesso foi tanto que Crô ganhará versão cinematográfica.

Veja mais imagens de Marcelo Serrado no álbum acima.

Sem mais artigos