Amor à vida, novela das 9 da TV Globo

Ninho (Juliano Cazarré) e Paloma (Paolla Oliveira)

Expulso de casa pela mãe, Pilar (Susana Vieira), e sem dinheiro, Félix (Mateus Solano) acaba indo pedir abrigo a Márcia (Elizabeth Savalla) que o acolhe com generosidade, em Amor à Vida.

Com Félix em sua casa, Márcia decide contar porque costuma lhe chamar de “meu menininho”. Ela conta que foi chacrete famosa e que teve um filho que morreu ao nascer. Inconformada e sem dinheiro, soube de uma família de médicos que tinha um filho recém-nascido e a mãe não tinha leite, mas queria amamentar o bebê com leite materno. Além de dar o leite, Márcia trabalhou como babá das duas crianças do casal.

Félix fica surpreso, pois não sabia nem que tinha um irmão chamado Cristiano, quatro anos mais velho. Márcia então contou da tragédia que levou a vida de Cristiano. Pilar (Susana Vieira) ainda trabalhava no hospital e Márcia cuidava dos dois meninos. Um dia, Félix começou a chorar. Márcia correu e viu o corpo de Cristiano flutuando na piscina, já morto.

Márcia foi condenada e presa por negligência. Depois de pouco mais de um ano, foi solta, e chegou a trabalhar como garota de programa. “Hoje, vendo hot-dog. Criei minha filha. Mas sempre pensei em você como o meu menininho, o filho que quase foi meu”. Nesse momento, os dois se abraçam e Félix promete acertar as contas com a família.

Márcia revela que foi babá de Félix e que ele teve um irmão, em Amor à Vida

Sem mais artigos