Mariah Carey viveu relação conturbada com irmãos na infância

A autobiografia de Mariah Carey segue dando o que falar com revelações bombásticas da cantora no livro “The Meaning of Mariah Carey” (O Significado de Mariah Carey, na tradução do inglês), lançado nesta terça-feira.

Nas páginas, Mariah conta muito sobre a sua vida cheia de problemas nas relações com os irmãos. Uma das histórias que mais surpreende é exatamente relacionada à sua irmã, Alisson.

“Quando eu tinha 12 anos, minha irmã me drogou com Valium (antidepressivo), me ofereceu uma unha cheia de cocaína, me causou queimaduras de terceiro grau e tentou me vender a um cafetão.

Mariah disse que pagou tratamentos à irmã, que tinha vários problemas com drogas e álcool. “Alisson me queimou de muitas maneiras e mais vezes do que posso contar. Repetidamente, tentei ser o corpo de bombeiros dela, financiando tratamentos e pagando estadias em centros de reabilitação”, diz trecho do livro.

Sem mais artigos