Um dos mitos criados recentemente no mundo das celebridades – daqueles como a suposta morte de Paul McCartney nos anos 60 ou que Marilyn Manson seja um personagem da série Anos Incríveis – era que o ator Mark Wahlberg e o rei do pop Michael Jackson teriam disputado um jatinho da gravadora Sony logo após o ato de terrorismo que derrubou as Torres Gêmeas de Nova York em 11 de setembro de 2001. A notícia é do site TMZ desse domingo (11).

Um livro, chamado Untouchables (ainda sem nome no Brasil), reconta essa história desmentindo-a, na qual MJ teria saído como “vencedor”, pois ele teria sido preferido para o voo.

Fontes próximas a Wahlberg também desmentem totalmente o boato, que seria fruto de pura ficção. Pra ajudar o astro dos cinemas, ainda existe o fato de ele ter o seu próprio jato particular quando isso tudo teria acontecido.

Sem mais artigos