Jesus Luz não baixou seu padrão de vida depois de se separar de Madonna, em 2010. Se, com a Rainha do Pop do lado como namorada, ele conseguiu agendar trabalhos importantes como modelo e teve o total apoio da “material girl” para decolar sua carreira de DJ, agora ele continua querendo manter o patamar conquistado, conforme informa a coluna de Bruno Astuto, no jornal O Dia, neste sábado (20). O valor do contrato para uma hora e meia de set continua o mesmo: R$ 45 mil, declara seu empresário Peterson Ibrahim.

O DJ nega que depois do término do relacionamento diminuiram as apresentações. “A verdade é que nunca fiz tantos shows. Sabe como é: quando você está num relacionamento, não dá para se dedicar o tempo todo à carreira. Hoje eu tenho esse tempo para mim”, disse Jesus que afirma que está solteiro à coluna.

Uma das marcas registradas – e criticadas também – de sua postura como DJ era que ele sempre usava óculos escuros para tocar. Jesus diz que superou o medo de principiante: “Eu era muito inseguro; usava os óculos como um escudo. Quero estar de cara mais limpa. E também não estava acostumado com tantos flashes, quando eu tinha que me concentrar na mesa de som”.

Sobre o fim do relacionamento com a popstar, Jesus admite: “Nenhum término é uma coisa boa, mas já passei por coisa muito pior na vida, como a separação dos meus pais quando eu era pequeno, que foi muito sofrida. Acho que Deus me preparou para os cascudos”. E revela: “Ela conseguiu irradiar não só na minha vida, mas na de tanta gente à minha volta, o amor que ela teve e tem por mim e que eu tive e tenho por ela. Nossa relação evoluiu, somos amigos e o que ela fez por mim é para sempre”.

Astuto pergunta se Madonna seria uma espécie de fada madrinha. “Fada, não. Fada foi a minha avó. Ela é o grande amor da minha vida”.

Mesmo depois de se separar de Madonna, Jesus Luz cobra R$ 45 mil por set de uma hora e meia

Sem mais artigos