Rosita Thomas Lopes morreu no sábado (09), às 20h45 em sua casa em Ipanema, Rio de Janeiro. Segundo os médicos, a causa da morte foi apontada como falência múltipla dos órgãos.

A atriz de 92 anos começou a carreira tarde, aos 40 anos, porque sentia necessidade de ter uma profissão.  Seu início no teatro foi na companhia Tônia-Celi-Autran, criada pelos atores Tônia Carrero, Adolfo Celi e Paulo Autran.

Na TV, participou de novelas globais como Rainha da Sucata, Força de Um Desejo e Pátria Minha, sempre interpretando mulheres elegantes e ricas.

O velório é neste domingo (10) no cemitério São João Batista, em Botafogo. Rosita deixou três filhos, netos e bisnetos.

Sem mais artigos