A cama e outros móveis e objetos decorativos da última casa do cantor Michael Jackson serão vendidos no dia 17 de dezembro na casa de leilões Julien’s Auctions.

A empresa anunciou o leilão nesta quarta-feira (09) em seu site sem mencionar o nome do astro, mas deu o endereço do imóvel: “One Hundred North Carolwood Drive”. Serão rematadas “belas artes, antiguidades, móveis modernos e outros objetos de colecionador” da casa situada em Los Angeles, afirma a casa de leilões.

A imprensa diz que além da cama do “rei do pop”, será colocada à venda por US$ 400 [R$ 708] um quadro-negro no qual um dos filhos de Michael deixou uma mensagem de afeto ao cantor.

Em seu aviso, a casa especializada em leilões de celebridades destaca entre os objetos uma aquarela do pintor francês Maurice Utrillo, que vale cerca de US$ 30 mil [R$ 53 mil].

Outras pinturas na coleção de Michael incluem artistas como Ludolf Bakhuysen, Abraham Hulk, Carl Johan Neumann, Paul Pascal, Robert Gibb, Adolf Schreyer e Henri Emilien Rousseau. Também serão vendidos móveis de estilo Luís 16, como um espelho, um armário e uma cabeceira de cama.

Michael Jackson morreu no dia 25 de junho de 2009. O cantor, de 50 anos, foi vítima de uma intoxicação aguda de sedativos, especialmente de um anestésico chamado propofol. O astro alugou a mansão em Los Angeles, onde residia com seus três filhos, para viver durante os meses em que preparava sua reaparição nos palcos, na turnê This is It.

Os objetos que serão leiloados vão ser exibidos ao público na galeria da Julien’s Auctions, em Beverly Hills, entre 12 e 16 de dezembro.

Sem mais artigos