Privada foi oferecida como alternativa à obra de Van Gogh, requisitada pela Casa Branca

Reprodução Privada foi oferecida como alternativa à obra de Van Gogh, requisitada pela Casa Branca

O presidente norte-americano Donal Trump recebeu uma oferta inesperada do museu Guggenheim, em Nova York. Ao solicitar uma obra do artista holandês Van Gogh para ser usada na Casa Branca, ele não só recebeu uma resposta negativa, como também uma alternativa um tanto quanto irônica: uma privada de ouro.

Segundo o jornal Washington Post, um dos decoradores da Casa Branca teve a ideia de usar a obra Paisagem com Neve, de Vincent Van Gogh, para tornar o ambiente da residência mais aconchegante. O pedido ao museu não é incomum e outros presidentes já decoraram espaços privados com obras famosas emprestadas de coleções de museus.

A resposta da curadora Nancy Spector, sim, foi uma surpresa. Ela ofereceu uma peça chamada America, uma privada de ouro maciço. A obra vale cerca de R$ 4 milhões.

O artista contemporâneo Maurizio Cattelan é o autor de America, que satiriza o amor excessivo dos americanos por dinheiro.

 

 

 

 

Sem mais artigos