O ex-presidente da escola de samba Mangueira Ivo Meirelles deu uma entrevista à revista Sexy do mês de março. À publicação, o ex-participante do programa A Fazenda falou sobre o reality, sua saída da Mangueira e o sobre o inquérito, aberto em 2012, que associa seu nome ao tráfico de drogas.

“Enquanto fui presidente da Mangueira, eu estava ameaçando alguns poderes. Tinha muita gente querendo a Mangueira de volta e eu estava no meio do caminho. Foram quatro anos de muita armadilha pra mim. Por isso resolvi deixar a Mangueira de lado e me afastar um pouco do Rio de Janeiro. Não conheço ninguém mais antidroga do que eu. Então, quando me vejo indiciado por associação ao tráfico, percebo que não estou vivendo num país de honestidades”, disse Ivo Meirelles à publicação.

Ainda sobre a Mangueira, o ex-presidente fez críticas aos jurados, que na sua opinião, pouco fazem para mudar o cenário atual dos campeões: “Os jurados são sempre os mesmos! Tem gente preparada, mas, por não querer enfrentar desafios, não mexe no que já ta salvo. Se ele der um julgamento ao pé da letra, vai desagradar muita gente e vai perder o lugar. Aí quando passa uma escola como a União da Ilha, o cara boceja”.

Questionado a respeito da falta de sexo no reality A Fazenda, Ivo brincou: “Punheta. Simples, punheta. Punheta resolve tudo. Resolve o mundo”.

Sem mais artigos