O ator português Paulo Rocha, o Fabio de Guerra dos Sexos, faz ensaio sensual para a edição de dezembro da revista Tpm. Na entrevista para a publicação, ele assume namoro pela primeira vez com a psicóloga Juliana Pereira, diz o que espera de uma mulher e fala sobre o processo de adaptação de morar no Brasil.

“As coisas foram acontecendo tão rápido que tenho uma memória muito distante dos meus primeiros dias aqui. Sempre me senti muito confortável no Brasil. As pessoas são mais positivas do que em Portugal. Se você faz uma coisa bem, elas falam: ‘Gosto do seu trabalho’. Há abertura para isso, mesmo em um meio altamente competitivo”, diz o gajo.

Ambientado já com o clima do Rio de Janeiro, Paulo assume pela primeira vez para a revista estar namorando. E revela:  “Você é a primeira pessoa para quem estou assumindo o namoro. Não tem como negar, porque já saiu na internet, mas uma coisa é as pessoas saberem, outra é dar ao conhecimento das pessoas. Ela é minha namorada, não do Brasil inteiro”.

Ele está há quase um ano com Juliana e fala sobre ser a favor da mulher independente. “Não consigo conceber ter uma esposa que só fique em casa. Não acho que é bom nem ruim. Acho até bonito quem decide abdicar da carreira pra cuidar dos filhos, vejo como um gesto de altruísmo. Mas, para mim, uma companheira pode ser tudo na altura certa: ser mãe, cuidar da casa, ser profissional e amante”.

Sem mais artigos