Capa da edição de abril da revista Details, o cantor Joe Jonas falou sobre as piadinhas que ouve sobre ele ser gay. “Não há nada de errado em ser gay, mas eu não sou”. Na entrevista, o galã contou ainda que seu relacionamento com a atriz Ashley Greene dá certo porque ela entende sua agenda profissional. “Eu acho que funciona porque ela realmente coloca os meus sentimentos em primeiro lugar. Ela vai aos shows comigo”.

Sobre um ex-affair, Joe admitiu ter sofrido com o fim do relacionamento. “Eu não vou dizer o nome, mas fiquei muito triste quando ela terminou comigo”.

Um dos líderes do grupo Jonas Brothers, o jovem explicou as razões por ter dado uma pausa com a banda e decidido pela carreira solo. “Eu estou crescendo e minhas fãs também. Já passei por muitas coisas na minha vida e existem histórias que não tive oportunidade de contar. Quando está compondo com três pessoas, você acaba com um som que pode ser, não sempre, o mais esperado”.

Sem mais artigos