Quando a minissérie Amores Roubados estreou, todos os olhos estão virados para Cauã Reymond e Ísis Valverde, devido aos boatos de que os atores tiveram um caso nos bastidores da gravação. No entanto, foi Dira Paes que chamou atenção ao protagonizar cenas sensuais.

Em entrevista publica nesta segunda-feira (05), a atriz rebateu os elogios quanto à sua elogiada forma física, que, para ela, não tem nada de extraordinário.

“O que eu senti é que ninguém soube explicar o novo olhar sobre mim. Aquele corpo estava em Salve Jorge. Acho que é isso: um corpo a serviço de um personagem. Até porque, acho que homem não gosta só de mulher bonita, mas de mulher viva. É preciso ter algo além da barriga negativa, senão não há sobrevivência”, continuou a atriz.

Para Dira, dizer que ela “está ótima para a idade”, não é um elogio. “Acho um preconceito. Não comigo, mas com as mulheres. Muitas amigas minhas estão ótimas! Algumas, melhores do que eu. A gente está vivendo outro momento. Olho a Helen Mirren, a Meryl Streep, e quero aquilo pra mim. Olho para a Gloria Pires, a Marilia Pêra. Tantas atrizes maravilhosas. São mulheres interessantes, atemporais. Isso não é só corpo, é alma”, afirmou a atriz.

 

Sem mais artigos