A atriz Paula Burlamaqui, que interpreta a personagem Dolores, uma ex-atriz pornô convertida, na novela Avenida Brasil, da TV Globo, teve que reproduzir a capa da revista Playboy de 1996 para o folhetim. Tudo porque, de acordo com o jornal O Globo, desta quinta-feira (2), a editora Abril não autorizou que a novela utilizasse a capa oficial com Paula em uma das cenas.

Na novela, Dolores mostraria a revista para Suelen, interpretada por Isis Valverde, e relembraria os tempos em que era conhecida como Soninha Catatau. Para a cena ir ao ar, mesmo com o imbroglio da revista, a atriz foi convencida pela diretora-geral do folhetim, Amora Mautner, a improvisar e reproduzir uma capa bastante parecida com a verdadeira.

Após ver o resultado – que contou até com casaco de pele igual ao do antigo ensaio – Paula classificou: “Ficou lindo. Eram necessárias seis fotos para que a produção pudesse montar a revista, mas eu aprovei todas”, declarou.

Vale lembrar que a capa de 1996 mostrava a atriz com os fios loiríssimos e repercutia sua participação na novela Explode Coração, também da Globo, escrita por Glória Perez. Naquela trama, ela interpretou a tentadora Rose.

Veja cenas de “Avenida Brasil” na galeria acima.

Sem mais artigos