Uma polêmica causou um grande estrago na edição portuguesa da Playboy, que, em sua edição de julho estampou, em sua capa, uma imagem de Jesus Cristo com uma mulher nua em homenagem a morte de José Saramago, citando o livro O Evangelho segundo Jesus Cristo, escrito pelo Prêmio Nobel de literatura.

O choque foi demais. Tanto que a Playboy Entertainment, dona da marca mundialmente, anunciou, nesta quinta-feira (08), que rescindirá o contrato com a empresa licenciada que edita a versão de Portugal desde março de 2009 por conta do fato.

“Não vimos nem aprovamos a capa e as fotografias do número de julho da Playboy Portugal. Trata-se de uma violação chocante das nossas normas e não teria sido permitida a publicação, se tivéssemos conhecimento antecipado”, afirmou Theresa Hennessy, vice-presidente da Playboy. A edição em questão ainda segue em circulação, mas não se sabe se será recolhida.

Sem mais artigos