Beyoncé foi atacada por político dos EUA nas redes sociais

KW Miller causou revolta nas redes sociais nos Estados Unidos ao atacar a cantora Beyoncé no Twitter e dizer que ela não é afro-americana e que diz isso apenas “para se promover”.

De acordo com o candidato ao Congresso norte-americano, Beyoncé é italiana. Ele até “revelou” o verdadeiro nome da cantora: Ann Marie Lastrassi. Para Miller, Beyoncé faz parte de uma “estratégia” do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam).

Miller foi além e chegou a ofender a cantora na rede social. “Sugiro que ela procure ajuda psicológica por ser um perigo para a sociedade”.

É claro que Miller recebeu uma enxurrada de comentários atacando o seu comportamento e suas críticas à Beyoncé. “Você não está bem. Você é um perigo para a sociedade”, escreveu um. “Esqueceu de tomar os seus remédios”, atacou outro. Beyoncé nasceu em Houston, no Texas, em 4 de setembro de 1981.

Sem mais artigos