Muito requisita, Valesca Popozuda tem tido muito pouco tempo para uma vida sexual sadia e da forma que gosta: “serviço completo”. como revelou em entrevista para o jornal Extra, neste domingo (20). Ela também falou de outro desafio seu: educar seu filho, Pablo, de 14 anos.

“Sou romântica, gosto do serviço completo. Nada rapidinho, pela metade. Trabalho muito, fico cansada como qualquer um. De que adianta fazer correndo?”, diz ela sobre a falta de apetite sexual acarretado pelo cansaço das longas horas de trabalho e agenda apertada.

Ela também conta sobre outro desafio, educar um adolescente, tendo que trabalhar muito. “Outro dia ele falou que estava namorando e fiquei de cabelo em pé. Agora está só pegando. Falo sobre tudo, e já dei um saco de camisinha para ele”.

Mulher símbolo da liberdade sexual, Valesca não deixa de colocar seu filho de castigo, principalmente quando ficou de recuperação no ano passado.

“Ela me deixou sem ir para festa, sem sair. Mas ela é legal. Vamos no cinema, jantamos fora, e quando ela está de férias, viajamos. Fomos para Orlando, Miami e Los Angeles”, revela o filho para a reportagem.

Sem mais artigos