eee

Crédito: Reprodução

Um estudo feito pela universidade de Córdoba, na Espanha, mostrou que atividades físicas regulares podem fazer com que o espermatozoide nade mais rápido. As informações são do Daily Mail.

Os pesquisadores concluíram que homens que não possuem uma vida sedentária, têm espermas mais bem preparados para o processo de fecundação. Isso se dá devido ao fato de que exercícios físicos regulares promovem níveis mais saudáveis de hormônio, o que cria um desenvolvimento melhor na produção de espermatozoides.

De acordo com a líder da pesquisa Diana Vaamonde, a qualidade dos espermas caiu nos últimos 50 anos. O consumo de bebidas, fumo e obesidade, ao lado do sedentarismo, foram os fatores que mais contribuíram para a queda.

A pesquisa foi feita com um número pequeno de homens, apenas 31. Mas Diana Vaamonde afirma que a complexidade da análise foi grande e que mais estudos serão feitos sobre o tema.

Sem mais artigos