Aos 19 anos, longe de sua província, na França, vivendo como quase indigente nas vestimentas, arruaceiro e amante de um homem bem mais velho, Arthur Rimbaud, que nesta segunda-feira (20), completa o 160º aniversário de seu nascimento, revolucionou a poesia e a arte com seu livro Uma Temporada no Inferno. Tudo mudou na formar de pensar e fazer poesia depois dele e também com a publicação de seu segundo e último livro Iluminações, em 1886, mas aí ele já estava noutra. Abandonou a literatura e foi ser mercador na Etiópia. Toda esta rebeldia inspirou muitos artistas pops. Se liga do porquê gente bacana adora este francês meio maloqueiro meio príncipe.

1) O cara nos livrou das redondilhas, dos alexandrinos, dos sonetos e das rimas. Ele deixou a poesia livre, com os chamados versos livres. Tudo mudou na literatura depois dele.

2)  Ele teve um caso ardente com um homem bem mais velho. Ele tinha 16 anos quando conheceu Paul Verlaine, um poeta já famoso no círculo de Paris e que era casado e vivia de forma sofisticada. Rimbaud era selvagem, provocador e logo os dois tiveram um caso de amor comentadíssimo pela vanguarda artística parisiense.

3)  Com a relação já desgastada, Verlaine dá um tiro em Rimbaud, que reza a lenda, se recusou a tirar a bala, pois queria sentir até onde poderia ir a dor do amor.

4)  Sua vida é tão fascinante que quando filmaram sua história em Eclipse Total de uma Paixão, em 1995, Leonardo DiCaprio quis tanto interpretá-lo quee deixou de lado um papel ino filme Batman que seria para o ator bem mais rendoso economicamente.

5) Patti Smith, uma das musas do movimento punk, o tem como estrela maior. Quando foi pela primeira vez à França, resolveu visitar a casa do poeta e em seu primeiro disco Horses tem versos dedicados a Rimbaud e o cita nominalmente na música título do álbum.

6)  Jim Morrison, do The Doors, declarou em entrevistas que leu inúmeras vezes Uma Temporada no Inferno e que seu estilo o influenciou na maneira de escrever suas letras.

7) Outro que também admite influência de Rimbaud sobre suas letras e, principalmente, sobre sua aparência é Bob Dylan. No filme sobre a vida do cantor, I’m Not There, Ben Whishaw interpreta o poeta francês.

8) Rebelde de verdade, largou toda a cena artística da Paris do final do século 19 para ser mercador na Etiópia.

9) O escritor americano Henry Miller escreveu: “E dizer que foi um mero garoto que abalou os ouvidos do mundo! A aparição de Rimbaud sobre a terra não tem qualquer coisa de simplesmente milagrosa, como o despertar de Gautama ou a aceitação da cruz por Cristo ou a incrível libertação de Joana D’Arc? Interprete-se a sua obra como se preferir, explique-se a sua vida como se quiser, a verdade é que não há como lhe reduzir a importância. O futuro, mesmo que não exista, lhe pertence”.

10)   Morreu aos 37 anos, ainda jovem e totalmente desconhecido para virar mito.

Sem mais artigos