Recitando poema, Isabelle Drummond fala sobre polêmica com casa alugada

Após ser acusada por uma internauta no Twitter de ter construído uma igreja nos fundos de uma casa em que morava de aluguel, a atriz Isabelle Drummond resolveu se pronunciar. Sem dar maiores detalhes sobre o caso, a ex-Emília do Sítio do Pica Pau Amarelo recitou o soneto XIII de “Via Láctea”, escrito por Olavo Bilac em 1888.

“‘Ora (direis) ouvir estrelas! Certo, / Perdeste o senso!’ / E eu vos direi, no entanto, / Que, para ouvi-las, muita vez desperto / E abro as janelas, pálido de espanto”, começa a atriz, que continua declamando todo o texto.

A publicação dividiu opiniões no Instagram, onde a morena postou o vídeo. Parte das pessoas ainda procuravam respostas sobre a construção da suposta igreja, enquanto outras exaltavam a beleza da atriz.

Sem mais artigos